Transcomunicação Instrumental

Bem vindos!

Espaço destinado ao estudo, documentação e divulgação de pesquisas relacionadas à Transcomunicação Instrumental e a outros métodos.

Utilizaremos estes instrumentos na busca de parâmetros científicos, com o objetivo de elucidar e explicar a eternidade da consciência e a realidade existencial não materializada neste plano físico. O termo foi criado em 1980 pelo Físico alemão Erns Senkowsky e segundo os dicionários mais atualizados significa a comunicação com a verdade eterna ou comunicação transcendental.

O objeto da TCI

A TCI pesquisa através de experimentações e estudo, a transcomunicação entre os seres inteligentes que "vivem" no planeta Terra com os que existem em outras realidades. A alegada captação se dá através de aparelhos eletrônicos, como gravador, rádio, televisão, fax, telefone convencional, computador, celular, etc. e inclusive outros, especialmente projetados para tal.

Tipos de fenômenos pesquisados

- EVP (Eletronic Voice Phenomena), abreviatura em Inglês de fenômeno de voz eletrônica (Transcontatos): Alegada captação de vozes de outras realidades e/ou dimensionalidades, como as dos chamados "mortos" ou as de consciências que nunca viveram ou estiveram neste planeta ( alienígenas, etc.).

- Transimagens (Parapsicofotos, Transvídeos, etc.): São imagens captadas através de câmeras fotográficas e de vídeo, onde se utiliza várias técnicas, como a do Papel alumínio, TecNoir, água, etc.

Estaremos sempre interessados em pesquisas que tenham relação com novas formas de comunicação com o “Além”, desde que se possa de alguma forma, através de experiências sérias, colecionar e catalogar parâmetros que possam avaliar a existência de tais “fenômenos”.

Observação: As imagens captadas através da TCI necessitam, para a sua visualização e análise, de uma boa dose de paciência e percepção visual. Orienta-se que as visualizem num ambiente de pouca claridade, visto que algumas são diáfanas e/ou translúcidas.

- Translate /Traduzir:

Traduzir para ChinêsTraduzir para Espanholtraduzir para françêstraduzir para inglêstraduzir para alemãotraduzir para japonêsTraduzir para Russo

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

TCI- Ruídos


Para quem pesquisa ou deseja fazer pesquisas em Transcomunicação Instrumental, vejam os Links abaixo que oferecem opções de ruído ( Branco, marrom, rosa, etc.):


Para que servem os ruídos em Transcomunicação Instrumental? O ruído de fundo é imprescindível?

Em TCI, supõe-se que os ruídos facilitam a transcomunicação, visto que os "seres transcomunicantes"  se utilizariam do mesmo como matéria prima,  plasmando-o e transformando-o em vocábulos, palavras, frases, diálogos. Cientificamente, ainda não existe comprovação desta suposição. 
Pode-se utilizar vários tipos de ruídos como: de Cachoeiras, Chuva, Rádio entre estações (AM, FM, Ondas Curtas),  que são na realidade algum tipo de  chiado branco, rosa ou marrom. Inclusive podem ser utilizados ao mesmo tempo, gerando o que se chama comumente, no vocabulário dos transcomunicadores, de "Bolha". Podendo-se também fazer o uso de fonemas e/ou  discursos em língua estrangeira (Bolha humana), que pode se utilizadas diretamente de um Rádio ou de um áudio previamente gravado.
"
Sugiro que visitem os Links abaixo:

O RUÍDO DE FUNDO, NA TCI, É MUITO IMPORTANTE (Dr. Bezerra faz esta afirmação)

http://nubem-tci.blogspot.com.br/2009/01/o-ruido-de-fundo-na-tci-e-muito.html

"Além de muitas outras, há dificuldades relacionadas à freqüência e, pelo que os espíritos dizem, a uma diferença no próprio fluxo do tempo. Em certos tipos de TCI eles elaboram as vozes utilizando-se dos ruídos do ambiente, ou melhor, dão forma audível na dimensão material ás próprias vozes e, para isso, há necessidade de muita preparação.
Padre Brune, falando sobre uma sessão de TCI em Luxemburgo, diz:
Jules sintonizara o rádio entre duas emissoras, de que ouvíamos apenas um chiado. Maggy chamava, alternadamente, em francês e em alemão uma série de interlocutores (espíritos que habitualmente comunicavam-se com eles). Pouco a pouco, sobre o ruído que servia de fundo, outros sons começavam a se fazer ouvir, inicialmente pouco distintos. A frase já havia começado. O início era incompreensível. Mas repentinamente, a voz soou de forma clara:
“... um substrato imaterial, ou qualquer que seja o nome que lhe dêem, “princípio. alma, espírito”, uma parcela de eternidade escapa da destruição. A infelicidade, hoje, é que as pessoas têm medo da morte.”
O texto, na íntegra, assim como também todo o desenrolar das pesquisas de Padre Brune, encontram-se no seu livro, Linha Direta do Além."
Leia mais em:  http://www.mundoespiritual.com.br/comunicacoes.eletronicas.htm

Captação de vozes
"Nas gravações para as captações de vozes (FVE- fenômeno da voz eletrônica) eu utilizo os rádios em ruído ( entre uma estação e outra). Uma vez ao mês gravo com 4 rádios, conforme descrito, e também faço uso de uma lâmpada ultravioleta e uma lâmpada infravermelho( com proteção nos olhos para evitar qualquer dano , esta exposição não deve exceder a 15 minutos mesmo protegido). Dois , três ou quatro rádios são utilizados para gerar este ruido de fundo, um em AM, outro em FM e outros dois em Ondas Curtas, sendo um deles a válvulas."

"Como este fenômeno ocorre, ainda é fruto de muita discussão entre os pesquisadores. Alguns grupos se utilizam apenas de gravadores, gravando os sons ambientes, enquanto outros utilizam sons como forma de matéria prima para que as vozes sejam geradas. Desde 2002 o GEPEC vem realizando experiências utilizando a segunda abordagem, tanto com ruído branco quanto utilizando o método da bolha humana."

"2.1. Ressonância Estocástica : 
Este efeito bastante conhecido da eletrônica, conforme Newton Braga (2006: 12-16), consiste em que “se existir num sinal uma informação (som) cuja intensidade esteja abaixo do nível de sensibilidade dos nossos ouvidos ou de um equipamento registrador, a adição de um ruído de fundo (ruído branco) pode reforçar  esse sinal levando-o a um nível que possa ser ouvido ou registrado..."                                                                                     
Leia mais em: 
http://www.transcomunicacao.com.br/uma-hipotese-para-as-vozes-paranormais-melodiosas/
Obs.: Os textos originais não estão grifados (os grifos em vermelho foram feitos por mim). Utilizei-me do conteúdo dos textos porque são bem ilustrativos quanto ao assunto em questão, além do que, podem fornecer, com bastante seriedade, instruções necessárias sobre a Transcomunicação Instrumental. Aproveite para fazer outras pesquisas nos Sites sugeridos, pois são, ao meu ver, muito elucidativos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário