Transcomunicação Instrumental

Bem vindos!

Espaço destinado ao estudo, documentação e divulgação de pesquisas relacionadas à Transcomunicação Instrumental e a outros métodos.

Utilizaremos estes instrumentos na busca de parâmetros científicos, com o objetivo de elucidar e explicar a eternidade da consciência e a realidade existencial não materializada neste plano físico. O termo foi criado em 1980 pelo Físico alemão Erns Senkowsky e segundo os dicionários mais atualizados significa a comunicação com a verdade eterna ou comunicação transcendental.

O objeto da TCI

A TCI pesquisa através de experimentações e estudo, a transcomunicação entre os seres inteligentes que "vivem" no planeta Terra com os que existem em outras realidades. A alegada captação se dá através de aparelhos eletrônicos, como gravador, rádio, televisão, fax, telefone convencional, computador, celular, etc. e inclusive outros, especialmente projetados para tal.

Tipos de fenômenos pesquisados

- EVP (Eletronic Voice Phenomena), abreviatura em Inglês de fenômeno de voz eletrônica (Transcontatos): Alegada captação de vozes de outras realidades e/ou dimensionalidades, como as dos chamados "mortos" ou as de consciências que nunca viveram ou estiveram neste planeta ( alienígenas, etc.).

- Transimagens (Parapsicofotos, Transvídeos, etc.): São imagens captadas através de câmeras fotográficas e de vídeo, onde se utiliza várias técnicas, como a do Papel alumínio, TecNoir, água, etc.

Estaremos sempre interessados em pesquisas que tenham relação com novas formas de comunicação com o “Além”, desde que se possa de alguma forma, através de experiências sérias, colecionar e catalogar parâmetros que possam avaliar a existência de tais “fenômenos”.

Observação: As imagens captadas através da TCI necessitam, para a sua visualização e análise, de uma boa dose de paciência e percepção visual. Orienta-se que as visualizem num ambiente de pouca claridade, visto que algumas são diáfanas e/ou translúcidas.


- Translate /Traduzir:

Traduzir para ChinêsTraduzir para Espanholtraduzir para françêstraduzir para inglêstraduzir para alemãotraduzir para japonêsTraduzir para Russo

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Serenidade


Rosto sereno

Meu colega transcomunicador de Portugal, Antonio Jacob, me chamou a atenção sobre esta Psicofotografia captada por mim, pela serenidade desta imagem, a qual foi filtrada maravilhosamente por ele. É verdade, o semblante denota plenitude. Esta figura foi captada há algum tempo atrás e infelizmente não me lembro a técnica que foi utilizada para tal feito. Um lapso. O pesquisador não deve esquecer de anotar os parâmetros do seu experimento.

6 comentários:

  1. Olá,
    Estou em Portugal mas não consigo ou melhor não sabia da existência de transcomunicadores aqui além de Anabela Cardoso que é portuguesa mas não vive em Portugal.
    Ianê, seria possível , você me indicar um contacto com o Sr.António Jacob?
    Estou na margem sul de Lisboa.
    Abraços.
    Jane Alves.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jane. Já encaminhei vossa solicitação ao colega Antônio Jacob. Você também pode contactá-lo no seguinte endereço: http://br.groups.yahoo.com/group/TCI-BR/
      e no seu Blog: http://tci-evp.blogspot.com.br/ , indicado neste espaço, logo ao lado esquerdo (Sites Grupos e Blogs).

      Excluir
    2. Seja bem vinda Jane. É u prazer tê-la no nosso espaço. Um abraço.

      Excluir
  2. Olá Ianê!
    Muito interessante! É a primeira vez que vejo o termo Psicofotografia.
    Parabéns pelo blog e pela postagem! Prazer estar aqui! Com tempo, venha ler e comentar O CÔNCAVO NA AXILA DIREITA DE ROSALMA no http://jefhcardoso.blogspot.com
    Abraço!

    “Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jeferson Cardoso)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reivindico este Prazer Jeferson, é uma honra para mim, ter entre os prezados membros do meu Blog um escritor, um observador da vida, como você. Parabéns pelo seu Blog e pela Crônica tão bem elaborada: "O CÔNCAVO NA AXILA DIREITA DE ROSALMA". Gostei muito, irreverente, hilária, bem escrita e sensível dentro do seu humor refinado. Parabéns! Vou ler mais e acompanhá-lo, com certeza.

      Excluir
  3. Não estou bem certo,mas pelo grau de serenidadeque passa,deve ser um mentor,também noto um manto de capuz branco no detalhe

    Abraços e beijos no coração!

    Beto

    ResponderExcluir